O 32º Rebanhão foi encerrado pela Santa Missa celebrada pelo Cardeal da Arquidiocese de Brasília, Dom Sérgio da Rocha.

O Cardeal iniciou com as boas-vindas aos cristãos dizendo: “Somos um grande rebanho conduzidos por Jesus Cristo à Ele confiamos nossa vida, as graças, benção e alegrias dos dias e a Ele entregarmos as nossas preces, orações e também pelos que também se encontram em casa acompanhando pelos meios de comunicação”.

A Primeira Leitura foi feita em cima da passagem de (Tg 1,12-18) “Meus queridos irmãos, não vos enganeis. Todo dom precioso e toda dádiva perfeita vêm do alto; descem do Pai das luzes, no qual não há mudança, nem sombra de variação”.

O Responsório foi o (Sl 93) “— Bem-aventurado é aquele a quem ensinais vossa lei”!

O Evangelho do dia foi o de São Marcos (Mc 8,14-21). “Naquele tempo, os discípulos tinham se esquecido de levar pães. Tinham consigo na barca apenas um pão. Então Jesus os advertiu: ‘Prestai atenção e tomai cuidado com o fermento dos fariseus e com o fermento de Herodes’”. Dom Sérgio proferiu em sua homilia que todo o cristão não desanima. “Queremos cumprir a vontade de Cristo como o bom pastor, os cristãos dê sinal de Cristo com o seu amor. Quem crer não desanima, nem desespera nunca, caminha sempre mesmo com dificuldades, desafios que passam em nossas vidas, porque nós cremos em Cristo. Saindo do Ginásio Nilson Nelson que a sua fé seja ainda mais forte e que em suas súplicas entregue os outros, pois você certamente não está só rezando por si mesmo e sim pelos outros irmãos. E a primeira atitude que deve ser tomada por nós é a fé, a confiança e a entrega, quem verdadeiramente crer no bom pastor se deixa conduzir por Ele”, afirmou.

E ainda, explicou claramente o evangelho. “Jesus pede para termos cuidado com o fermento mal, o que não é de Deus, que não faz crescer o povo este é o fermento dos Fariseus que faz invadir o coração e o sentimento. Nos deixando contaminar pelo fermento e querer destruir a presença de Cristo e isto é visível no dia a dia, no jeito que falamos com o próximo, as palavras ríspidas que usamos. Ao sair do Rebanhão que permanecemos nele”.

Lembrou também a chegada da Quaresma que se inicia nesta quarta-feira de cinzas. “As portas da Quaresma para de fato renovar nossa fé nas pequenas coisas e muita gente deixa se levar por ideias que não são de Cristo, por isso é bom retornarmos ao primeiro amor”.

Finalizou o momento de sua homilia com a seguinte mensagem: “Que o amor de Deus esteja sempre junto de nós. Que Jesus Cristo nos ilumine à caminhar unidos no amor e na bondade”.

O Rebanhão foi finalizado com o sorteio da rifa no valor de R$ 1mil, o ganhador foi Pedro Felipe, da Ceilândia.

 

Flavia Ferrer

Ministério de Comunicação Social da RCC-DF