intercessao_rcc

 

Como o Catecismo e a Tradição da Igreja Católica ensina, quando uma pessoa é batizada, ela se torna sacerdote, profeta e rei pela graça de se tornar filho adotivo de Deus e ungido pelo Espírito Santo, assim como Jesus Cristo foi, é e sempre será. Pela unção do Espírito, o católico se torna apto e responsável a rezar pelos familiares, amigos e, por caridade, até mesmo, pelos desconhecidos.

O Catecismo da Igreja Católica, no parágrafo 2634, ensina que a intercessão é uma oração de pedido que nos conforma perfeitamente com a oração de Jesus. “Ele é o único Intercessor junto ao Pai em favor de todos os homens…”. O texto ainda afirma que “na intercessão, aquele que ora não procura por seus próprios interesses, mas pensa, sobretudo nos dos outros, e  reza por aqueles que lhe fazem mal”.

É desta forma que o ministério de Intercessão da Renovação Carismática Católica trabalha no Distrito Federal: na busca de ouvir a Deus e pedir o auxílio divino para a vida de todos que participam do movimento ou vão aos grupos de oração, sempre contanto com a ajuda mais que especial de Nossa Senhora – a grande intercessora. Meire Santos é a atual coordenadora do ministério no DF e tem a missão de implantar o importante serviço em todos os grupos de oração das cidades da capital.

A intercessão, que quer dizer ação de “pôr-se entre”, é necessária em todas as reuniões de oração, pois para a Palavra do Senhor fecundar os corações, o “terreno” deve ser preparado por meio da súplica constante.

Para entrar no ministério, é necessário disposição para rezar pelas necessidades dos outros sendo aquela ou aquela que se põe entre a dificuldade alheia e Deus. Quem se sentir chamado, converse com o coordenador do Grupo de Oração local e procure a coordenadora do ministério do DF para fazer os cursos de formação e participar da Rede de Intercessão Nacional.