A terceira e última adoração do Rebanhão foi conduzida pelo diácono Joaquim, Pe. Ricardo Maria da Paróquia Maria de Nazaré e Francineldo. Eles pediram para todos que estavam no ginásio Nilson Nelson entregar tudo para Deus, todas as nossas preocupações, tristezas, entre outras coisas. “Meus irmãos entreguem tudo para Deus, Ele é o nosso Rei, Ele tudo pode”.

Em suas moções os padres revelaram: “Hoje, no Rebanhão Deus curou pessoas com problemas com a sexualidade. Ele também cura pessoas em casa que estão ouvindo pela rádio, Deus libertou muitas pessoas  fez maravilhas, o Senhor esteve curando traumas, perdas de entes queridos, principalmente de uma pessoa que estava sentido muitas falta da sua avó. Existem pessoas que estavam rezando por familiares, que estavam nos hospitais e Deus fala: ‘Confia em mim, você verá meus milagres’. Uma mulher que se confessou, mas o Diabo coloca na sua cabeça que ela ainda não foi perdoada é mentira, pois Deus disse para ela que: ‘Ele sim a perdoou’ ”.

A libertação foi atingida a todos que clamaram: “Pessoas que são alvo de inveja no trabalho foram libertadas, pessoas com ódio no coração, mentiras e pessoas com Depressão, com medo, o Senhor curou mulheres que foram traídas nos seus casamentos. Deus estar lavando com seu sangue muitas pessoas, o Senhor liberta uma pessoa que não conseguiu pedir perdão a um ente querido que faleceu. Tocou uma pessoa que não tem mais esperanças na vida. O Senhor derruba muitas muralhas de tristeza, macumbaria, feitiçaria e coloca tudo no seu lugar”, o Diácono confirmou as curas realizadas.

Com a oração do Santíssimo Sacramento a adoração foi finalizada com a benção de Deus e uma unção renovada.

Sarah Mayara

Ministério de Comunicação Social da RCC-DF